Beleza desde a Antiguidade

Beleza desde a Antiguidade

Há milhares de anos, o homem procura encontrar padrões de beleza. As pessoas procuram por definições e conceitos para racionalizar o que de fato torna uma pessoa bonita e atraente.

Beleza desde a quantidade

Esta admiração e magnetismo pela Beleza e o desejo de, ao entender essa magia, podermos nos transformar também, torna essa busca constante, universal e atemporal.

Ao observar a Beleza e Perfeição de estruturas da natureza, como as sementes do girassol, o desenho das colméias, a disposição das pétalas da rosa ou as curvas do caramujo e correlacionando com cálculos matemáticos que definem essa proporcionalidade, chegou-se ao conceito de Proporção Áurea ou Proporção Divina e do Número de Ouro, ou número Phi (leia-se Fi).

Com esse conhecimento, pode-se explicar como algo que foi considerado agradável aos olhos na Grécia Antiga, também o foi na Itália renascentista do século XV e pode ser ainda considerado belo nos dias atuais.

Comentários