Quando chega o inverno e a temperatura cai, geralmente alteramos nossa dieta drasticamente, preferindo pratos quentes e mais calóricos para manter a temperatura durante os dias gelados. Porém, às vezes esquecemos de ingerir alimentos que garantem a resistência do organismo contra gripes e resfriados, doenças comuns nesta estação do ano. 

Então vista seu agasalho e veja agora quais os alimentos que não podem faltar no inverno

Acerola

A acerola é reconhecida como uma das melhores fontes de vitamina C, possuindo cerca de 2294,53 mg a cada 100 gramas de polpa do fruto. O ácido ascórbico (vitamina C), maximiza a função das células imunológicas e auxilia na manutenção das mucosas e do trato respiratório. Ela também acelera o processo de recuperação de gripes e resfriados. 

A vitamina C também é encontrada em outras frutas, porém em concentrações mais baixas. As principais frutas são: morango, tangerina, limão, laranja, lima, kiwi, caju e tomate.

Alho

Outro alimento que não pode faltar no inverno é o alho. Ele é extremamente importante na dieta, principalmente pelos seus compostos bioativos, como os compostos sulfurados que possuem um efeito antiviral. 

O alho também atua como um anti-inflamatório, além de melhorar os sintomas da asma e facilitar a respiração. 

Brócolis

Uma excelente fonte de betacaroteno, que é essencial para a saúde das mucosas do trato respiratório. No caso de sua deficiência, o corpo reduz do número de células de defesa, o que aumenta a suscetibilidade de infecções bacterianas e virais. Outros alimentos ricos em betacaroteno são: abóbora, damasco, fígado, cenoura e melão.

Carnes vermelhas

O ferro, presente na carne vermelha, é fundamental para a produção das células que transportam o oxigênio no sangue. O ferro é essencial para o correto funcionamento do corpo e maior resistência à doenças. 

Outras fontes reconhecidas de ferro são: ovos, hortaliças verde-escuras, feijão e as frutas secas.

Chicória

Rica em fibras alimentares consideradas probióticas que proporcionam a colonização do trato intestinal com as chamadas bactérias boas. As bactérias boas proporcionam o controle dos desarranjos intestinais e a melhoria na capacidade do organismo em absorver nutrientes dos alimentos ingeridos. Isso contribui para o bom funcionamento do sistema imunológico e reduz o risco de doenças de uma maneira geral.

Cogumelos

Possuem beta-glucanas que estimula o sistema imunológico. Os extratos de cogumelo são excelentes contra as bactérias, como E.coli, estafilococo e ramificações da tuberculose. Também combate uma ampla variedade de vírus, como a varíola e a do vírus influenza. 

Dentre os cogumelos mais conhecidos estão o champignon, maitake, o shitake e o shimeji.

Feijão

Rico em aminoácidos que estão relacionados com a produção de anticorpos e zinco que previne doenças imunológicas e a diminuição de linfócitos do sangue (células que defendem o corpo contra invasores, principalmente, virais).

Iogurtes

O iogurte é considerado um alimento probiótico,  assim como a chicória, proporciona a colonização do trato intestinal com as chamadas bactérias boas. Esses microorganismos vivos (lactobacilos e bifidobactérias), estão diretamente relacionados no desenvolvimento de anticorpos e na ativação de linfócitos que contribuem com o fortalecimento da resposta imunológica contra o ataque de vírus.

Ovos

O ovo é um alimento rico em vitamina E, possuindo propriedades anti-inflamatórias. A vitamina E, em doses não muito elevadas, auxilia na absorção das vitaminas A e C. Também auxilia na proteção das células contra substâncias tóxicas que causam danos às estruturas celulares as deixando suscetíveis a doenças.

Além disso, o ovo possui aminoácidos que estão relacionados com a produção de anticorpos. Outros alimentos ricos em vitamina E são: nozes e castanhas, amêndoas e abacate.

E aí gostou dessa nossa dica? Então abasteça sua geladeira com esses alimentos que não podem faltar no inverno e passe uma estação mais segura contra doenças respiratórias, gripes e resfriados.

Fique ligado em nosso blog para ter mais dicas de saúde a alimentação saudável.

Até a próxima!